domingo, 28 de fevereiro de 2010

[Eu,a vida e o guarda-roupas.]


Não pára a chuva lá fora; aqui dentro, fica a vontade imensa de sair de casa para encontrar os amigos e tomar uma cervejinha, pelo quarto dia consecutivo....rs...esses dias têm sido para mim a extensão do meu carnaval, o qual posso resumir em algumas palavras-chave: alface-“Acre2010”-comendocigarro-amnésia-amigos-choro-samba-pagode-...-espaguetedecaridade-F.G.-Diamantina.

**
Hoje é meu último dia de férias. Olho para trás e percebo que a idéia de tempo é de fato uma ilusão. Tenho neste momento a impressão de que tudo se passou muito rápido...quase 3 meses, imaginem! No entanto, os momentos de tédio, intercalados aos dias de estudo árduo (sim! Eu estudei nestas férias), leituras, esperas sem fim, e claro, momentos regados a álcool e riso, me levam a dizer justamente o contrário: tardou...mas não falhou! Isto é, demorou...mas acabaram as benditas férias de verão. (uip!).


**
Saldo? Positivo. Estou mais preta, mais magra e mais ansiosa do que nunca...são muitos os planos e pouco é o tempo para executá-los: tenho 1 ano e meio para mudar uma série de coisas na minha vida, será que consigo?


**
Não sei...mas a falta de tempo me anima. Sou verdadeiramente uma herdeira direta daqueles personagens bíblicos, os tais trabalhadores da ultima hora. Tudo o que me aconteceu de bom nesta vida, só aconteceu, literalmente, na última hora....(RS...). Sendo assim, acho que estou no caminho certo para a chegada dessas mudanças...


**
Será um período intenso, este próximo. Já estou sentindo aquele frio na barriga que faz a gente querer ser uma pessoa melhor do que se é de verdade; aquele frio na barriga que te move a fazer, dizer, experimentar o novo...ainda que seja um novo meio duvidoso, desses com prazo de validade quase vencido, e com a fatal garantia de não dar certo mesmo, por ser tão ridículo.



Mas como disse um desses Humbertos de que tanto gosto....muitas das melhores coisas que vivemos não dão certo, mas ainda assim, são as melhores....basta lembrar dos inúmeros poetas anônimos que fazem arte diariamente, ainda que na clandestinidade.
**


Felicidade clandestina. Outro dia comi um tropeiro escondido da minha mãe (e de mim mesma) num restaurantezinho ao lado de casa, perto da faculdade ESUV....me senti realmente feliz naquele instante.

**
...Que venha 2010/1. Com todas as ilusões, desilusões, desventuras e aventuras previstas, ou não...

*
*
*
*

OBS: Depois de muitos anos, consegui, finalmente, arrumar o meu guarda-roupas.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Conselho aos leitores...


"Mais vale um pássaro na mão do que três voando"
(Flor & Cultura. 27/02/2010)

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Ciranda do Mundo (Maria Rita)


"Pela profecia o mundo ia se acabar
Pelo vagabundo deixa o mundo como está
Pelo ser humano pelo cano o mundo vai, ou não

Pelo cirandeiro o mundo inteiro vai rodar



Ciranda por ti
Ciranda por mim
Roda na ciranda que é pro não virar pro sim
Ciranda que vai, ô
Ciranda que vem
Roda na ciranda que é pro mal virar pro bem"

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

YO NO CREO EN LAS BRUJAS PERO...

QUE LAS HAY, LAS HAY...


Novena ao Bem Aventurado Frei Galvão
Oração à Santíssima Trindade
Pedimos à Santíssima Trindade para alcançar graças pela intercessão de Frei Galvão
Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu Vos adoro, louvo e Vos dou graças pelos benefícios que me fizestes. Peço-Vos, por tudo que fez e sofreu o Vosso servo Frei Galvão, que aumenteis em mim a fé, a esperança e a caridade, e Vos digneis conceder-me a graça que ardentemente almejo. Amém.
Oração para todos os dias da novena de frei galvão:
A novena inicia-se sempre com o sinal da cruz e logo em seguida faz-se a intenção,o pedido ou o agradecimento. Faz-se depois a invocação: São Frei Galvão, rogai por nós!No final de cada dia da novena, faz-se a oração a Frei Galvão, como segue:
São Frei Galvão, Deus fez em ti maravilhas e através de ti anunciou o Evangelho do amor, do acolhimento e da misericórdia para com os mais fracos e sofredores. Com o coração agradecido por tão grande Dom à nação brasileira, nós te pedimos: intercede por nós junto a Deus para que possamos vivenciar na comunidade eclesial, os valores evangélicos que de modo tão heróico viveste.Dá-nos a coragem e perseverança na fé e abertura ao Espírito Santo Deus, para que possamos ser sal da terra e luz do mundo. Amém.
(Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai).
(OBS: Obrigada por mais essa...)

Por aí...

Flor & Cultura...

domingo, 21 de fevereiro de 2010

BIPOLARIDADE

QUEM PODE DIZER O QUE É FELICIDADE?

QUEM PODE DIZER O QUE NÃO É FELICIDADE?

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Música: A História de Lily Braun



A História de Lily Braun
Chico BuarqueComposição: Edu Lobo/Chico Buarque

Como num romance
O homem de meus sonhos
Me apareceu no dancing
Era mais um
Só que num relance
Os seus olhos me chuparam
Feito um zoom
**
Ele me comia
Com aqueles olhos
De comer fotografia
Eu disse cheese
E de close em close
Fui perdendo a pose
E até sorri, feliz
**
E voltou
Me ofereceu um drinque
Me chamou de anjo azul
Minha visão foi desde então
Ficando flou
**
Como no cinema
Me mandava às vezes
Uma rosa e um poema
foco de luz
Eu, feito uma gema
Me desmilinguindo toda
Ao som do blues
**
Abusou do scotch
Disse que meu corpo
Era só dele aquela noite
Eu disse please
Xale no decote
Disparei com as faces
Rubras e febris
**
E voltou
No derradeiro show
Com dez poemas e um buquê
Eu disse adeusJ
á vou com os meus
Numa turnê
**
Como amar esposa
Disse ele que agora
Só me amava como esposa
Não como star
Me amassou as rosas
Me queimou as fotos
Me beijou no altar
**
Nunca mais romance
Nunca mais cinema
Nunca mais drinque no dancing
Nunca mais cheese
Nunca uma espelunca
Uma rosa nunca
Nunca mais feliz

Diamantina.....

Bom demais!
(mas ainda bem que acabou! rs.....)
Estou morta...mesmo!!!! preciso de alguns dias para me recuperar....
Um beijo aos conterrâneos e conterrâneas queridos do ACRE.....
"ACRE 2010"!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Sobre a vida...

[Já perceberam, leitores, como a vida assemelha-se a uma roda gigante? sempre instável. Nunca se sabe ao certo quem está no topo, quem está em baixo; nunca se sabe ao certo quem tem a visão absoluta das coisas. A vida é um pouco disso. Se pudessemos voltar ao passado, quantas coisas faríamos diferentes, não é? quantas pessoas não haveríamos machucado, quantas palavras não teríamos dito; se pudessemos ter evitado certos encontros....ou, quem sabe, conformado-se com certos desencontros.
Há também as palavras benditas, as boas lembranças...os bons sentimentos. E é estranho perceber como bem e mal, subida e descida, pontos de vistas distintos vão se entrelaçando, num movimento infinito e assincronico.
Quem de nós é capaz de captar a visão completa numa roda gigante? ambos? Mas por que não ao mesmo tempo? por que o tempo há de ser tão diferente para nós? gerando tanta dor, por todos os lados?
Será possível mudar isso....ou estaremos diante de um castigo?]

The Penalty (Beirut)

Like an ancient day and I'm on trial
Let them seize the way, this once was an island
And I could not stay for I believed them
Left for the lights always in season
Impassable night in a crowd of homesick
Fully grown children, you'll leave the lights
Your family may not wait, Sir, keep on believing
Our parents rue the day, they find us kneeling
Let them think what they may, for they've good reason
Left for the lights always in season

Carnaval DIAMANTNA....

Aí vou eu.....uhu!

Música: Santa Chuva...

(Marcelo Camelo/ Maria Rita -intérprete)
(ELE)
Vai chover de novo, deu na TV
Que o povo já se cansou de tanto o céu desabar
E pede a um santo daqui que reze ajuda de Deus
Mas nada pode fazer se a chuva quer é trazer você pra mim
Vem cá que ta me dando uma vontade de chorar
Não faz assim, não vá pra lá
Meu coração vai se entregar à tempestade
(ELA)
Quem é você pra me chamar aqui se nada aconteceu?
Me diz, foi só amor ou medo de ficar sozinho outra vez?
Cadê aquela outra mulher? Você me parecia tão bem!
A chuva já passou por aqui, eu mesma que cuidei de secar
Quem foi que te ensinou a rezar?
Que santo vai brigar por você?
Que povo aprova o que você fez?
Devolve aquela minha TV que eu vou de vez
Não há porque chorar por um amor que já morreu
Deixa pra lá, eu vou, adeus
Meu coração já se cansou de falsidade......


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Música: "Cara Valente"

(Depois de um dia cansativo, um sambinha para relaxar...)

Cara Valente
(Marcelo Camelo
Maria Rita - intérprete)

Não, ele não vai mais dobrar
Pode até se acostumar
Ele vai viver sozinho
Desaprendeu a dividir...
...
Foi escolher o mal-me-quer
Entre o amor de uma mulher
E as certezas do caminho
Ele não pôde se entregar
E agora vai ter de pagar
Com o coração
...
Olha lá!Ele não é feliz
Sempre diz
Que é do tipo Cara Valente
Mas veja só
A gente sabe...
Esse humor
É coisa de um rapaz
Que sem ter proteção
Foi se esconder atrás
Da cara de vilão
Então, não faz assim rapaz
Não bota esse cartaz
A gente não cai não...
...
Ê! Ê!Ele não é de nada
Oiá!!!Essa cara amarrada
É só!Um jeito de viver na pior
...
Ê! Ê!Ele não é de nada
Oiá!!!Essa cara amarrada
É só!Um jeito de viver
Nesse mundo de mágoas...
...

domingo, 7 de fevereiro de 2010

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Resenha: Dom Juan De Marco (1995)

A primeira vez em que assisti ao filme Dom Juan De Marco, eu devia ter uns nove anos de idade. A imagem que mais me marcou foi a de ter me deparado com uma espécie de “Zorro” mais jovem e mais “apelativo”, do ponto de vista sexual (lembrem-se: eu tinha apenas nove anos!). Pouco me recordava do enredo e da magnífica mensagem que o filme é capaz de transmitir aos mais atentos.
**
Depois de certo tempo (15 anos depois...), quando conheci outros trabalhos do Johnny Deep, e passei a admirá-lo, não só pelo homem deslumbrante, mas, sobretudo, pelo ator camaleão, versátil e talentoso que também é, senti o desejo de assistir novamente ao dito filme, e o fiz, nesse fim de semana.
**
Confesso que foi uma das melhores coisas que fiz esses dias. Foi como se tivesse tido um encontro comigo mesma. A lembrança de um mascarado galanteador latino-hispânico, e de suas aventuras amorosas é apenas uma face da moeda: Dom Juan é um filme sensível e profundo, capaz de equiparar os dois sentimentos mais humanos, contraditórios e imprevisíveis do universo: o amor e a loucura. Trata-se de um verdadeiro teste psicológico: O que seus olhos são capazes de enxergar, ante a sua realidade? Todo apaixonado e todo psiquiatra deveriam assisti-lo!
**
O filme foi escrito e dirigido por Jeremy Leven e produzido por Francis Ford Coppola. Além do brilhante Deep, em uma atuação impecável (com direito a sotaque espanhol e tudo), o filme traz um elenco magnífico: a lindíssima Faye Dunaway que, ao lado do “ban ban ban” de todos os tempos Marlon Brando, formam o “pacato” casal Mr. E Mrs. Miclker, cujas vidas não mais seriam as mesmas após o encontro com o legendário herói...
**
A trilha sonora com Bryan Adams também não fica para trás: “Have you ever loved a Woman”, leitores?
**
Não percam!