quarta-feira, 10 de julho de 2013

Eu sou Metal....

ETHOS

*Alguma tela de Dalí.
.....



"O sangue O Negativo é conhecido como universal. Pode ser transfundido em qualquer pessoa. Mas apenas 9% dos brasileiros possuem esse tipo sanguíneo. É muito utilizado pelos hospitais pois é o sangue que salva em situações de emergência."
(Portal São Francisco)


"Niña venida de tan lejos, traída de tan lejos, 
a veces fulgurece su mirada debajo del cielo. 
Quejumbre, tempestad, remolino de furia, 
cruza encima de mi corazón, sin detenerte"
(PABLO NERUDA)




"Ethos diz respeito ao caráter da personagem. Por exemplo, o poema épico A Ilíada trata da ação de homens superiores. O herói desse poema é Aquiles e seu ethos é elevado, sublime, divino, pois ele é um homem superior"
(Dicionário  Informal)


"[...] O escorpiano é tremendamente poderoso e seu caráter pode causar enormes benefícios ou grandes riscos para os demais. Sua tenacidade e força de vontade são únicas, mas também muito sensíveis e facilmente afetadas pelas circunstâncias. São emotivos e facilmente feridos ou aludidos. De fato, podem perder totalmente a cabeça ao perceber, inclusive erroneamente, que alguém lhes xingou. Não sabem morder a língua e podem ser muito críticos. 
Quando um escorpiano consegue utilizar sua enorme energia de forma construtiva, se transforma em um grande agente para a sociedade e pode converter-se num grande líder. Não obstante, os escorpianos devem aprender a controlar-se, porque podem ser muito críticos e ressentidos com os outros. São excelentes amigos dos que considerem merecedores de seu respeito.
Os escorpianos são muito imaginativos, intuitivos e têm uma grande capacidade para analisar situações e pessoas. De todos os signos do zodíaco, são os que mais probabilidade têm para converter-se em gênios - desde que controlem seu lado negativo, porque se tomam o caminho equivocado podem ser muito destrutivos para eles mesmos e para outras pessoas. Devem tentar evitar sensações como a arrogância, a agressividade e o ciúme, porque eles sentem as coisas tão intensamente que, se se renderem a esses sentimentos negativos, podem perder o controle."
(Euroresidentes.com)


"[...]Jesus Cristo nasceu em Belém, Judeia (Palestina), por volta do ano 6 a.C. Seus ensinamentos morais, como o amor a Deus e ao próximo, fizeram com que sua vida passasse a ser um exemplo a ser seguido. Aos 33 anos, Jesus morreu crucificado injustamente e ressuscitou após o terceiro dia."
(Brasil Escola)

"[...]Como resultado de suas tendências marxistas, a Teologia da Libertação, como praticada pelos bispos e sacerdotes da América do Sul, foi criticada em 1980 pela hierarquia católica, do Papa João Paulo pra baixo. A hierarquia mais alta da Igreja Católica acusou os teólogos da libertação de apoiar revoluções violentas e luta de classes definitivamente marxista. Esta perversão é geralmente o resultado de uma visão humanista do homem sendo codificada na Doutrina da Igreja por sacerdotes e bispos zelosos e explica por que a hierarquia católica agora quer se separar da doutrina e revolução marxista." (Gotquestions)

"[...]Over their first 20 years, brothers Isaac, Taylor and Zac Hanson have made their mark. Five years building a fanbase as an independent band led to a meteoric rise with the 1997 international smash single MMMBop from their debut album Middle Of Nowhere. A long line of hits, four more studio albums, multiple Grammy nominations and over 16 million album sales followed..." (Hanson.net)



........................

Perguntei-me hoje de que parte veio meu caráter. Em toda minha vida, é a primeira vez em que pergunto qual pequeno gene responsável por ele. Aonde está? esteve? Bahia, São Paulo, Minas, Madrid? Qual O negativo trouxe o meu caráter? Qual O positivo? Qual dos dois / dois? Ou é quatro, o meu caráter, resultado perfeito da soma de todas as partes, 2+2? Duplicados, os quatro, vezes um que sou eu, 4 x 1, daria igualmente ( = ) quatro. 
Meu caráter é o número quatro. 
Somando o número quatro a minha história, memória, circunstância e contexto - de que tamanho ficou o meu caráter? Caberia em que espécie de recipiente? Ou caberia em coisa alguma? Teria cor? cheiro? ira? preguiça? beleza? doçura? tirania? Haveria travado alguma guerra, batalha, jogo de adivinhações, jogo de amarelinha? Quem é hoje o meu caráter e onde está o responsável por ele? Onde enfia-lo-ei, o caráter, quando não houver mais recipiente que o cerque? 

Meu caráter é imenso e já não cabe em lugar algum.
Mas se dividi-lo bem, em pequenas partes de mim, caberá em tantos bolsos que ficarei sem parte do todo. Livrar-me-ei assim do meu caráter ou seria ele o número infinito?

terça-feira, 9 de julho de 2013

CLASSIFICADOS.



*Um Amor de Sapos. Ugho (há trema nesse o).


Precisa-se de gastroenterologista com urgência.


Temo que meu estômago se converta em serrapilheira úmida, como em florestas tropicais, haja vista a quantidade enorme de sapos que venho engolindo há muito. Não só ouço o coaxar enquanto durmo, como coaxo eu também. Mês passado, verrugas pelo corpo; hoje, fome absurda de mosquitinho, depois mosca - dessas gordinhas e crocantes...hum! hum! uebe! uebe! uebe! ("Sou sapo macho?").

Precisa-se de  gastroenterologista com urgência; para antes da primavera, "nossa" época de reprodução....(como explico ao namorado que botei ovo de pai desconhecido?). 

Atenciosamente.

AMAI-VOS!

*O Beijo de Judas - Giotto
...

"PROTEO - Dejando a mi Julia, soy desleal; amando a la bella Silvia, soy desleal;  traicionando a mi amigo, soy más desleal aún, y el poder que me impuso mi primer  juramento es el mismo que me induce a esta triple deslealtad. Amor me hizo jurar, y Amor me obliga a que me retracte de mi juramento. ¡Oh Amor! ¡Dulce tentador, si has pecado, enséñame a mí, subdito tuyo, y por tí rendido, a excusar mi falta! Hasta hace un instante era mi ilusión una reblandeciente estrella; pero ahora amo a un sol celestial. Imprudentes promesas pueden ser prudentemente retractadas, y falto de talento es quien no emplea el  suyo en trocar lo malo por lo mejor... ¡Quita allá, quita allá, irrespetuosa lengua! ¡Calificar  de mala a aquélla cuya soberanía tantas veces proclamaste con mil y mil ardientes protestas! No puedo dejar de amar, y no obstante, dejo de amar y, sin embargo, no amo donde debiera amar [...] Soy más querido para mí mismo que lo pueda ser un amigo. Porque el amor es el más precioso de los bienes..."

(SHAKESPEARE. Los dos hidalgos de Verona, Acto 11, Escena 6)

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A SAGA DO ULISSES QUE NÃO TINHA MAR.... ( Biografia para o amigo Fádeo).

FELICIDADES!!!!!
*Arquivo pessoal.
....

Falar sobre o Fádeo Diniz Pinto é uma difícil missão. Nem todos são capazes; isto por que falar sobre esse grande guerreiro, descendente de Ulisses - O Odisseu - exige de nós um conhecimento filológico, filosófico e também judódico. Aparentemente calmo e sereno como brisa suave do mar, Fádeo é justamente o oposto desta imagem metafísica (sim...também é preciso metafísica e literatura para compreender suas raízes genocidas, ops, genealógicas): Fádeo é um gigante guerreiro! Um Ulisses em terras sem mar. Eu, pobre mortal, fui incumbida a contar um pouco de suas aventuras mundanas e espero então que todos os ninfomaníacos, ops, ninfos, todos os ninfos gregos, com seus respectivos cantos de aurora boreal, ajudem-me a fazê-lo. Fa-lo-ei! 
...
Custei a compreender a dimensão de seu nome, este que eu sempre esquecia, como em uma charada da vida para comigo...."É....Oi Fádel! É....Fadeu?....É Fabeol? Oi Fá! E aí Moço???". Até o dia em que sob a inspiração dos ninfos gregos celestiais decidi pesquisar a raiz etimológica de seu nome, a que - como logo verão - é a resposta para a sina deste guerreiro (...das terras sem mar). 
.....
Antes da Batalha....
Fádeo significa "aquele que construiu a sinagoga", isto é, fariseu. Vejam a semelhança: Fádeo = Fariseu. Trata-se de um nome hebraico, פרושים, derivado do latim pharisaeus, por sua vez derivado do grego antigo ϕαρισαῖος, por sua vez derivado do japonês arcaico   パリサイ人. Poucos sabem, mas eu - iluminada pelos ninfos celestes - descobri uma relação simbiótica entre o hebraico e o japonês, relação esta que tem tudo a ver com o judô! Isto por que o judô é um esporte-filosófico japonês que significa "caminho da suavidade". Dessa forma, qualquer construtor de sinagogas antes de Cristo precisaria dominar, ao menos intimamente, o caminho da suavidade para fazer sua missão com exatidão. Exatos também são os economistas, seres humanos formados em Ciências Econômicas (mas isso já vem bem depois de Cristo). Todas essas informações estão "coesas", isto é, ligadas por uma única chave mágica que a tudo explica! Fádeo: aquele quem construiu sinagogas através do caminho suave da paciência e da exatidão só alcançados através da arte do judô somado aos estudos em ciências econômicas, se nascido na era Cristã (como é o caso do nosso protagonista).
.....
Após este magnífico canto de anunciação às honras fadais, passemos a história desse aventureiro e como o conheci.
.....
Fádeo nasceu em Belo Horizonte, onde poderia ter sido rei se vivêssemos em regime monárquico e se lá houvesse se estabelecido. Mas não: Fádeo viveu em Curvelo, por alguma razão desconhecida, e lá cresceu e se fez moço formoso até o dia em que decidiu prestar vestibular para às terras viçosenses. É preciso lembrar que não falamos de um cara comum, mas sim de um descendente hebraico-japonês de Ulisses, aquele carinha que ficou anos numa ilha ao lado de uma ninfa maravilhosa, até o retorno à Ítaca, para os braços da amada Penélope. Neste sentido, Fádeo, nosso guerreiro, cruzou às terras mineiras até os braços de sua Penélope Jacob, moça engraçada e de sorriso largo. Ambos, muito apaixonados um pelo outro, um dia formarão uma família também de guerreiros plenos em exatidão (porque tanto Fádeo quanto Penélope Jacob praticaram juntos a arte do judô e do cálculo em Ciências Econômicas; aliás, foi assim que se encontraram....).
...
Quando conheci o Fádeo,  ele me era apenas um nome. O namorado de uma das minhas melhores amigas. Com passar do tempo, aprendi o seu nome; aprendi um pouco dos seus gostos; aprendi um pouco do seu jeito. Jeito manso disfarçado, que traz em viés uma sagacidade deslumbrante. Fádeo não é só competente em tudo o que faz, mas também brilhante. Do tipo que não precisa estudar para a prova de cálculo Y, simplesmente pelo fato de que tem ou é a própria sabedoria no tal cálculo y.  Esta qualidade, dada ao nosso guerreiro das terras sem mar, pode levá-lo à soberba se mal utilizada. Mas aí basta lembrarmos de sua raíz brasileira, mineira e materna para nos darmos conta do quão grande é o coração deste rapaz.
....
Conheci a mãe de Fádeo pessoalmente há pouco tempo, o que torna meu conto fantástico verossímil, por ser ela - a mãe de Fádeo - uma mulher extremamente linda, a que mais parece sua irmã à mãe. Isto por que Fádeo, como todo guerreiro grego ou mineiro, tem sim os seus traços de beleza e de sensualidade; MAS, amiga que sou de sua namorada Penélope Jacob (da dinastia dos Jacob), melhor mudarmos de assunto....
.....
Fádeo já veio a minha casa duas vezes: em minha formatura e num dia de sol, desses casuais. Estava de folga do Judô, da Economia, das raízes etimológicas-genealógicas-filosóficas de seu nome, das grandes batalhas, mas não de sua namorada - já que também a trouxe. Uma das qualidades desse moço-guerreiro é o dom da oratória: tem um vozeirão maravilhoso, grave, desses de se querer escutar em noite estrelada (eu não!Claro....Faço as palavras de Penélope Jacob "também" minhas). Enfim, só pra dizer que Fádeo tem charme mas também persuasão discursiva. Em poucos minutos conquistou a toda minha família, esta que é ranzinza e ama só com muito encontro e café. Fádeo não precisou: bastou soltar o verbo. 
.....
Confissões, risos, cervejas - já partilhamos um pouco de vida. Mas nos falta um longo caminho há cruzar, uma longa travessia, especialmente para você, Fádeo. Espero  aprofundar as raízes não só etimológicas-genealógicas-filosóficas, mas raízes de coração, haja vista minha grande admiração por você, amigo Fádeo. Que seu brilhantismo seja usado como dom nesta e em todas as guerras - e que além disto você possa desenvolver a habilidade do esforço e da espera, para uma ou outra derrota. Que sejam poucas, porque todos a sua volta te querem muito feliz! Em Viçosa, Curvelo, Belo Horizonte, Japão, Grécia, Roma ou ....(como é???) ou....sei lá, Cisjordânia......

DESEJO A VOCÊ TODA FELICIDADE E SUCESSO DO MUNDO!!


UM BEIJO DA AMIGA,
SOFIA/AMANDA

TATATATATATATTATATATATATATARAVÔ DE FÁDEO, O GUERREIRO ULISSES: Nome latino de Odisseum, rei de Ítaca. Participou da guerra de Tróia. Levou dez anos para voltar à sua ilha onde a esposa Penélope o esperava, pois a feiticeira Circe por ele se apaixonou e tudo fez para que ele não retornasse. Teve que passar no local habitado pelas sereias e mandou-se prender ao mastro do navio, para evitar o canto mavioso e mortífero delas."






sexta-feira, 5 de julho de 2013

O AMOR É BOM JOAQUINA.

*Adão e Eva. Foto de "ana".
....
"But don't change your hair for me, not if you care for me
Stay little Valentine stay, Each day is  Valentine day...."*



Amor é egoísta como criança faminta e mimada; se não sabe falar - a criança - chora. Se já maiorzinha, grita; se adulta - silencia. Porque  amor é como criança faminta e cheia de pirraça, não se comunica, adivinha-se o amor em sua forma desnuda e imaterial. Nada mais imaterial que a fome. Vontade inexplicável de preencher-se, mas com o que está fora de si, e, se possível, por meio de mãos alheias. Amor nasce como criança; mas para alimentá-lo é necessário que lhe deem - ao amor - comida três vezes ao dia ou murchar-se-á como flor. Amor é também flor. Necessita cuidado ou morrerá como pessoa humana. Amor é também humano, amam animais, plantas e alguns microrganismos reprodutivos. Amor é mistério, como Deus - por isso há quem diga ser "Deus o amor perfeito".
...
Amor é criança faminta e mimada; flor exigente de água; pessoa humana preenchida em palavra; animais, plantas e microrganismos - sexuados ou não. Amor é Deus: sexuado ou não.
.....
Desnudo e imaterial, pouco importa o verbo amar. Tu me amas, eu lhe amo. Importam os gestos e doações diárias, quando mais se já está a convivência, pequena pedra no sapato da humanidade. Mais que gestos e doações, neste caso - quando há o conviver - é preciso trocar o verbo.
....
Escutar vezes e mais vezes a história sobre como ambos se conheceram. 
Escutar vezes e mais vezes que era ele - sim - um "cachorro", até o dia do segundo olhar.
Escutar vezes e mais vezes a história dele sobre os melhores amigos que lá estão.
Escutar vezes e mais vezes a história dela, absurda história, de que é médium e encarna espíritos.
Que importam as histórias? Importa é o trocar dos verbos: Amar se reduziria a pó se não houvesse o escutar. 
.....
Quem nunca desligou o telefone na "cara" do seu amor? Talvez por dificuldade no escutar, prática exigente em paciência, "desabenegação" e desprendimento. Já desliguei telefonemas em tantas caras - seja homem ou mulher. Hoje desliguei para silenciar, porque fizeram de mim adulta e adultos são pouco espertos, pouco pacientes, pouco "escutadores".
....
Adão e Eva não trocavam palavras, somente gemidos-guturais. Até o dia em que lhes veio o fruto proibido, que de maçã nada tinha, senão romã - o fruto do amor. Conheceram-se, Preencheram-se de linguagem e, consequentemente, séries de verbos inúteis. Povoaram o mundo e, tempos depois, divorciaram-se (Não se menciona isto na Bíblia ou não existiriam casamentos). Ninguém suportaria um casal como Adão e Eva. Não obstante, expulsaram-lhes do paraíso antes da primeira "DR".
.....
Casar é apenas um deles, como juntar-se, namorar ou foder. Amor não se mede em verbos. No máximo, adjetivos muito bem usados para os dias "adjetivais": "Como você é inteligente, meu amor!"; "Imagina, como te trairia? Você é o homem da minha vida!"; "Você é mais divertida que Joaquina, minha amiga pedante..."; "Sua barriguinha é fofa, embora maior a cada dia..."; "Você é linda quando acorda, meu amor"; "Seu time é o melhor, minha vida!".
....
Prefira os verbos de ligação, na falta de jeito: ou escutar, perdoar, conhecer.
Para ligarmos nossos amores à eternidade.
...
O amor é bom, Joaquina.
Às vezes, também eterno.
.....
*(My funny valentine 
 - Damien  Saez)