sexta-feira, 7 de agosto de 2009

20 coisas que me irritam! (Paulistanos x Mineiros)

Nasci em São Paulo, a cidade do caos. Cidade que, além de levar o título de terra da garoa, ganhou também a fama de terra dos estressados, o que não chega a ser uma mentira por completo. É possível reconhecer um paulistano de longe, apenas pelo jeito de andar: um passo largo, desmedido, e sempre apressado. Estamos sempre com pressa de se chegar a algum lugar. Paulistanos costumam falar muito e ouvir pouco. Isso se dá pela distância que separa as pessoas umas das outras...distância muitas vezes física.
**
É claro que há inúmeras vantagens em ser paulistano. Apesar da distância física, em função dos milhares de bairros existentes na megalópole, isto é, da ampla extensão da cidade em si, percebo que nós paulistanos somos um povo muito acolhedor. Não somos tão desconfiados, como nossos vizinhos. Ainda que existam as piadinhas preconceituosas sobre nordestinos e corintianos (piadinhas que detesto, pelo menos as de nordestinos, gente que aprecio muito, com o sotaque mais bonito que já ouvi...), o povo paulistano recebe bem suas visitas, sem observar demasiadamente, ou melhor, julgar aquilo que o outro veste, usa, acredita, faz ou deixa de fazer.....(o que costuma acontecer em cidadezinhas menores, e que muito me irrita...).
**
Quer andar pelado na avenida paulista?? Problema seu! Quer desfilar na parada gay?? Vá as suas custas!! Quer fazer um moicano pink?? Ninguém tem nada com isso....Tal individualidade do paulistano, o que não é sinônimo de individualismo, sempre me agradou.
Em São Paulo, as coisas são mais acessíveis também. A cidade oferece ao cidadão entretenimento para todos os gostos e bolsos. Basta procurar bem. Outra característica é o cheiro de novidade que paira no ar, em função das grandes emissoras de rádio e televisão cuja “matriz” encontra-se lá.
**
Enfim leitores...amo muito a minha cidade, apesar de ser praticamente mineira, visto que meus pais são das “Gerais”. Passei longos períodos da minha infância aqui e vivo na cidade universitária de Viçosa, desde o ano de 2004. Gosto dos mineiros...os mineiros são mais charmosos, tem mais “raiz”...(porque o paulistano é um grande Macunaíma: mistura de tudo quanto há gente e sotaque). Têm um grande coração, acolhem-nos muito bem, mas creio que levam um pouco mais de tempo para deixar o outro lhes tocar...
**
De modo geral, Acho as mulheres mineiras lindíssimas; na verdade, mais vaidosas...vestem-se deslumbradamente para ir a uma padaria, à faculdade na segunda-feira à tarde; à Missa de domingo de manhã...(não desmerecendo tais ocasiões...mas creio que sejam costumes diferentes mesmo...). Quanto aos homens, acho que são todos iguais, independente do lugar! Brincadeira....Creio que os mineiros são um pouco piores, em comparação com os homens do resto do mundo. Mas, ainda assim, acho-os lindos “demais da conta-sô” , justamente por serem mais “reservados”, tímidos e desconfiados...("mineirim come quieto"). O sotaque do mineiro é charmoso...(sim leitores homens e mineiros: as mulheres de São Paulo adoram o sotaque dos mineiros...eu gosto também, mas prefiro os dos nordestinos...rsrs).
**
Meu pai costuma dizer que os mineiros são grandes “traíras”; não se espante leitor mineiro: meu pai É mineiro, da cidade de Pocrane, e na verdade, não sei o porquê ele diz isso, mas deve ter uma razoável explicação...(que fica para outro post).
**
Enfim...esse post surgiu de modo natural, não era para ter nascido. Minha idéia era apenas introduzir meu texto falando sobre o stress do paulistano, para em seguida , fazer uma lista de coisas que me estressam e irritam. Ficaram curiosos? (NÂOOOOOOOOOOOOO...qs caras do primário..)...vamos lá então:
**
1) Que Deus me perdoe pelo “desmazelo” , mas, eu odeio fazer as unhas!!! Fico terrivelmente estressada, e sobretudo , ansiosa, quando faço as unhas....acho uma perda de tempo e dinheiro...(porque no meu caso, tenho que pagar alguém para fazer....). O resultado é maravilhoso, mas o fim não justifica os meios. Pior que pintar as unhas, só mesmo tirar o esmalte delas....(não é mesmo amigas da Equipe Central?).

2) Irrito-me quando não respondem aos meus emails. Seja quem for: namorado, amigo, professor, parente, um transeunte qualquer....Acho que isso devia ser lei: se eu escrevo um email para você, se eu posso “perder” o meu tempo te escrevendo, por que você não pode me responder? Cancele a sua conta de email então!

3) Irrito-me quando não olham para mim enquanto falo. Meu ex sogro é assim também, Seu João, gente boníssima, o que legitima a minha opinião: É ruim falar com uma pessoa que não olha nos seus olhos; que não pode doar o seu tempo e a sua “postura” para acolher o que o outro fala.

4) Irrito-me quando sou cortada. Isso ás vezes acontece sem querer, em reuniões, mas acho que vale a atenção. A pior coisa é quando você está tentando formular um comentário na sua mente, o que leva, no meu caso, um bom tempo até acionar o Tico e o Teco, aí, de repente, vem alguém e atravessa “na” sua fala, conduzindo a reflexão para outra coisa, monopolizando o discurso. Eu odeio isso...e quando a coisa é repetitiva, acabo sentindo-me eternamente incomodada com a presença do indivíduo “causador.” Tento não fazer isso....Embora eu fale demais e corra esse risco....

5) Descriminação contra homossexuais me irrita sensivelmente.

6) Perguntas sobre o meu ex - namoro. A menos que estejamos num ambiente propício, por exemplo, no jogo da “verdade”, em que rola quase de tudo mesmo, ou, que eu dê liberdade para se falar do assunto. Acho muito chato àqueles que vêm com perguntinhas indiscretas ou que fazem comentários a fim de pegar alguma “informação” no pulo.

7) Irritam-me pessoas que mal te conhecem, mas que fazem análises psico-cabalísticas-sócio-históticas da sua vida..... Isso me aconteceu muito com o fim do meu namoro, por falar demais (em função de um momento de carência mesmo); pessoas que , no fundo, mal me conheciam e que “publicaram” teorias (eufemismo para fofocas...) a respeito do meu ex-namoro......como diz minha sábia mãe: “em boca calada , não entra mosquito”. Nunca mais!

8) Barulho de vassoura de piaçava....ARGHT!

9) Fazer alguma tarefa doméstica, aí vem alguém e refaz o que já fiz...(sendo assim, prefiro não fazer...rsrs).

10) Que mecham no meu cabelo....não gosto!

11) Que mintam para mim.

12) Gente aparecida, que se acha, me irrita visivelmente.....

13) Sintaxe II me irritou bastante....

14) Desprezo me irrita. Desprezo por uma pessoa de rua, por um “alcoólatra” de rua, por um amigo, do namorado pela namorada, do transeunte pelo cachorrinho...Ninguém merece ser desprezado, ninguém mesmo.

15) Muitos dias sem dormir.....

16) O dia todo sem comer nada......

17) TPM

18) Brigas familiares...(geralmente as que envolvem as vidas dos demais parentes...como meu afilhadinho e seus irmãos...).

19) Que esqueçam de mim: quando você vai a uma festa e encontra vários conhecidos e amigos lá que nem se lembraram de você, mas que para outros programas, coisas “chatas” geralmente.....não te esquecem “JAMAS”.

20) E para terminar, tecnologia que não funciona me irrita mais que tudo: impressora que dá pau, na hora de imprimir aquele trabalho já atrasado....Internet que dá pau, bem quando está conversando com aquela pessoa legal...Ninguém merece!

7 comentários:

  1. Que menina irritável!!!!!!!!!!
    Rsrrsrsrsrss.
    Muito bom. Algumas coisas são profundamente irritantes mesmo... E algumas são da nossa sensibilidade (fazer o quê, né????).

    ResponderExcluir
  2. ahh amoo ser paulista e paulistana!!! A melhor cidade pra se antenar, pra curtir nos shoppings, achar bons botecos e livrarias, encontrar familiares... Só não gosto muito é de ver tanta desigualdade no mesmo lugar...enquanto você toma sorvete no Bom Retiro encontra uma criança estirada na rua depois de cheirar ou fumar craque... MAs enfim, nosso mundo ainda não é perfeito.

    Mudando de assunto e continuando no post...AHHH realmente não gosto de preconceito contra homossexuais..isso é quase pessoal, apesar de eu não ser...mas amigos Gays ou Lésbicas ou Bi todo mundo tem, só não sabe...hauhauhau


    bjuss

    ResponderExcluir
  3. nossa...São Paulo é o lugar, amo demais!!
    E sobre preconceito contra homossexuais...embora eu não seja homo, eu tenho isso como um valor muito forte..sabe? tenho muitos amigos gays e acho que isso não é uma coisa que se escolhe...ninguém escolheria ser exlcuido e marginalizado, né?? enfim......beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Moreninha, sua chata!!!

    vou registrar minha insatisfação com suas idéias sobre os mineiros... afff!!! Piores do mundo

    :P

    ResponderExcluir
  5. E quando alguem tem uma crise de riso na tutoria...mesmo sem ter sentido algum kkkkk...desculpa aí....pense no lado bom, pelomenos eu não estou rindo mais na sua aula ("na sua aula" não disse que ia parar de rir)...Um abraço....boas aulas

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus..que invasão foi essa? rsrs

    ResponderExcluir