segunda-feira, 2 de agosto de 2010

MALSINAÇÃO....(ou Karma familiar).

Chegaram da Espanha no final do século XIX, instalando-se numa cidadezinha do interior de Minas. Buscavam algo que não me foi dito, que certamente nenhum de nós poderia entender. Pouco importa.

Chico Bijos foi um homem "quase".

Naseu em Belo Horizonte.

Quase padre; trocara a batina por um rabo de saia que precedera Dona Júlia;

Quase médico; trocou o diploma de medicina pelo ofício de curandeiro.

Conta-nos a lenda que Chico Bijos era um homem muito atraente, cujos olhos azuis e tez clara, tons exóticos numa terra de gente avermelhada e de pele escura, foram a perdição de inúmeras mulheres que o disputaram a tapas e gritos. Chico Bijos casou-se com uma mocinha que falecera ao dar a luz a seu primeiro filho.

Tempos depois, Chico Bijos retorna ao velho Pocrane, terra que acolhera sua gente quando chegara ao Brasil, e se casa novamente com uma antiga "namorada".

Concomitantemente, Chico Bijos nutria outros relacionamentos amorosos....

Com o passar dos anos, duas de suas mulheres, por falta de opção e espaço, tornaram-se amigas; Dona Julia ajudara na criação dos filhos de Chico com a "esposa" mais jovem...

Vagou sete anos pelo mundo trabalhando como mascate. Vendia fumo.

Além de símbolo sexual dos 1900, padre-médico-curandeiro-mascate-filho de Espanhol-Pocranense-amante de três esposas - e povoador de uma cidade inteira, Chico Bijos tinha um amigo intimo, cuja relação de extrema cumplicidade convertería-se num grande mito familiar dos Bijos:

Chico Bijos era exorcista por vocação.

Convidado às casas das famílias Pocraneses a fim de promover momentos de oração, Chico Bijos ora ou outra também realizava sessões de exorcismo, de acordo com a demanda do público pedinte.

Uma vez, Chico expulsou o Diabo do corpo de um rapaz que sucumbia. Ao fazê-lo, o rapaz falecera em paz; porém, a caminho de casa, Chico Bijos e sua tropa foram interceptados por um braço grotesco que os jogou misteriosamente ao chão, o que também se deu com o cavalo de Chico (...que era preto).

Um braço? Sim.

Há quem diga que Chico Bijos mantinha constantes diálogos com Satã; Tinham um pacto de camaradagem, alguém viu...

Há quem diga também que Deus teria amaldiçoado a Chico e a seus descendentes, fazendo com que as futuras gerações de sua gente (principalmente a terceira geração!!!) pagassem por todos os seus pecados.

Pecados contra Deus, contra os homens e contra as mulheres, principalmente....

Um karma familiar?

Francisco Henrique Bijos, Seu. Chico Bijos, é pai de Apolônia Magalhães Bijos de Freitas;

Apolônia Magalhães Bijos de Freitas é mãe de Raimundo José Bijos de Freitas....

...Raimundo José Bijos de Freitas...

...é meu pai...

- Chico Bijos é seu bisavô, Sofia??

- Aham...

- Então...será tudo isto um Karma familiar?

-Acho que sim...

2 comentários:

  1. Sofra prima ! Está pagando os pecados do nosso bisavô super POP !

    ResponderExcluir