quinta-feira, 10 de junho de 2010

Especial Dia Dos 100 Namorados! (Parte III)

(Humor de hoje: ouvindo "La Cumparsita" no repeat...).
Bom Dia Leitor....
Estou super, hiper, mega, master sem inspiração hoje, caríssimo leitor do Blog que já vos é praticamente famíliar, não? Do bar do Leão, fui praticamente direto para o meu estágio, onde tive que dar uma aula improvisada...(e que ficou ótima!). Com relação ao Leão...foi muito bom...e...bem....prefiro não comentar....
Você já me conhece, leitor neurótico...você é dos meus, e sabe que com quem está quieto..não se mexe! O Leão foi muito bom, mas vamos esquecê-lo por enquanto...
A propósito, gostaria de mandar um "salve" aos meus leitores de Juix de Fora, Viçosa, Nova Lima, Rio Grande do Sul, Belo Horizonte, Recife, Madrid, Moscow...(sim queridos! Sofia de Buteco é também internacional....).
Deixem seus comentários, leitores anônimos!! Já conheço vocês quase pelo nome, não tentem mais mais bloquear o FIDJIT de vocês, porque isso quase nunca funciona, experiência própria...hahaha (como estou má hoje, não?).
Movida por um sentido maior, proponho-me, apesar da falta de assunto, a tentar escrever qualquer coisa sobre a temática proposta "Dia dos 100 namorados"....vamos ver o que sai.
Já se deu conta, leitor, que faltam apenas três dias para que você arrume aquele namorado(a) legal...e blá blá blá blá....? Já? Pois bem, leitor....o post de hoje tem como objetivo principal trazer à tona a seguinte problematização, antes de apresentar a você, nos próximos dias, meus outros métodos infalíveis...(I-N-F-Á-L-I-V-E-I-S...viu?) de conquista...
A questão é a seguinte: Tem certeza, leitor solteiro, desquitado, tico-tico no fubá...(dá-lhe Silvio Satos...adoro!!meu guru...) que você quer mesmo arranjar um namorado(a)?? Você realmente está cansado da solidão, leitor??
Pois bem...Se eu fosse você, ficava como está...e presente por presente...acesse o site das Americanas, Submarino ou qualquer coisa do tipo, e compre você mesmo alguma coisa legal para você, com o seu próprio dinheiro, provindo do seu próprio trabalho, fruto de suas próprias mãos....
Pessoas, leitor, são esquisitas, confusas e problemáticas: melhor mantê-las distante...ou você está mesmo afim de um pouco de sarna para se coçar?
Aposto que não!
Nos dias de hoje, caríssimos, os relacionamentos tendem a ser um tanto diferentes dos relacionamentos que nossas avós, tias avós e primos de quarto grau viveram: essa coisa de tampa e panela, par e ímpar, café e leite, Claudinho e Buchecha, arroz e feijão....enfim....isso tem mudado....Não há mais tantas tampas de panelas disponíveis no mercado, o que tem levado inúmeros consumidores a buscar tampas de outrem, isto é, tampas de outras panelas.....
Isso não seria um problema se vivessemos numa sociedade poligâmica, ou, numa sociedade marxista; ou ainda, numa sociedade verdadeiramente baseada nos valores cristãos...onde tudo é partilhado....tudo...se é que você me entende...
Mas, infelizmente, ou felizmente, não é esse o caso.
Dessa forma, leitor panela sem tampa, desencane desse besteirol todo e saia por aí....pegando tampas emprestadas, trocando-as com seus vizinhos....amigos....primos...parentes.....Pode ser que numa dessas, você encontre seu par....
Caso contrário, se você é de fato uma frigideira....sorria, acene e frite um ovo pacientemente....Há coisas na vida mais importantes que relacionamentos...como...por exemplo...estudar a religião dos povos do Alaska.....
Uma vez fiquei com um carinha americano que estudava a religião dos povos do Alaska....bem...pelo menos foi isso que eu entendi, baseando-me no meu desnutridíssimo inglês....
Yes leitor...pode ser que ele tenha dito apenas que gostava de Bad Religion e que tinha um parente que morava no Alaska...mas, o fato é que isso não fazia dele menos...exótico...interessante e....exótico.
Eu adoro homens que discutem religião, o que me obriga a me manter distante de seminários, mosteiros, ordens religiosas, congregações e afins...
Ele era uma pessoa , assim...interessante e exótica, mas não era nem de longe a minha tampa, leitor....
Não penso que eu seja uma frigideira; sou uma dessas panelas de barro, leitor: cozinho bem com tampa ou destampada.....(trocadilho cretino número 2....).
Então, amigos, vamos aderir ao meu clube?
Frigideiras? nada....
Panelas de Barro....
No mais...faça como a menina da foto: sorria, acene, esbanje charme por aí...não olhe demais ao redor, para não encontrar tampas que não lhe pertencem...ou, o que é pior, encontrá-las com outras panelas, também sem tampas originais...
...Por fim, leia o post seguinte que nascerá em breve....(agora estou inspirada!! tomei um cafézinho de mamãe aqui....).
Tenham um Bom Dia,
destampado,
ou não!!

3 comentários:

  1. é...acho que me conformar em ser uma panela de barro é bem melhor que encontrar tampas que já têm dono, não é mesmo amiga? isso gera adrenalina em excesso...rsrsrs, não faz bem à saúde...
    Estou disposta a assumir minha condição de panela de barro, afinal, de barro fomos feitos...melhor que ser uma frigideira...(apesar de que com a "modernidade" muitos jogos de panela têm vindo com panelas cujas tampas podem também ser usadas nas frigideiras...rsrsrs o novo jogo de minha mãe é assim...rsrsrs, de verdade...)

    ResponderExcluir
  2. Xi Akila...Le o próximo post! kkk

    ResponderExcluir
  3. Fritar um ovo pacientemente...
    Muito boa!!!!!!!!!!!! Rsssssssssssssssss

    ResponderExcluir