quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Paixões Estranhas de Sofia

- ha ha ha ha ha...são tantas emoções...
(Roberto Carlos)
...
...

Aos 4...(esboço de paixão que se desenvolveria aos 16...)
*Quem? O afilhado maravilhoso da minha mãe, 9 anos mais velho.
*Como? Quando nasci, ele já existia com aqueles olhos verdes lindos...(o homem mais lindo que já vi...).
*Situação marcante: Quando sua mãe dizia, brincando e já naquela época, que um dia nós nos casaríamos...Então ele me olhava com uma cara de "tadinha"....
...
Aos 7...
*Quem? Meu melhor amigo japonês.
*Como? À primeira vista, quando compartilhamos da mesma "carteira-escolar". *Situação marcante: Quando ficamos certa vez, 11 anos depois de conhecê-lo...
...
Aos 9...
*Quem? Shiryu de Dragão
*Como? Nas tardes da TV Manchete...
*Situação marcante: Quando ele se cegou e virou uma estrela. Faltei à aula de tanta tristeza.

Aos 12...
*Quem? Jordan Taylor Hanson.
*Como? À primeria vista, após o primeiro mmm.bop...
*Situação marcante: Quando o vi de perto, abracei, beijei e disse que o amava...isso em maio e novembro de 2000 (meu aniversário de 15 anos).
...
Aos 15...
*Quem? Meu primeiro quase namorado. O segundo homem mais doce que conheci.
*Como? Fomos apresentados na festa de uma amiga em comum.
*Situação marcante: Sempre que tocava violão pra mim, ao telefone.
...
Aos 15-16
*Quem? Meu professor de Inglês
*Como? Durante as aulas de inglês...
*Situação marcante: meu empenho em não faltar à aula alguma...rs (quem me conhece sabe).
...
Aos 16...
*Quem? O afilhado da minha mãe (aquele dos 4 aninhos).
*Como? Reencontramos-nos após a descoberta de que ele estava doente. Foi a minha primeira PAIXÃO (digamos que o japonezinho teria sido o primeiro amor...eu e meus rótulos...bah!)
*Situação marcante: nosso último abraço, no dia 24/12/2002. Foi a última vez em que o vi.
...
Aos 18...
*Quem? Meu primeiro namorado.
*Como? Éramos (ainda somos) melhores amigos....Nossa, como gostava dele! *Situação marcante: Quando terminamos, porque (eu) "achava" que seria freira...(é...meu passado me condena).
...
Aos 19...
* Quem? Aquele que viria a ser o meu terceiro namorado.
*Como? À primeira vista: fulminante...(Minha segunda PAIXÃO).
*Situação marcante: O fato deu saber, à primeira vista, que "era a pessoa".
...
Aos 20....
*Quem? Meu segundo namorado.
*Como? Conheci-o num trabalho voluntário e aquilo me ENCANTOU: é um dos homens mais humanos, justos e ...HUMANOS que conheci. Sinto muito orgulho por tê-lo conhecido.
*Situação marcante: Quando visitamos seu trabalho num bairro periférico da cidade. O encantamento que todos tinham pra com ele me admirava...(não sentia ciúmes dele).
...
Aos 20/21
*Quem? O retorno do recalcado (enfim, o terceiro namorado).
*Como? Paixão maluca, assincronica, descontextualizada que rolou numa festa de formatura de uma amiga. Dias depois, estávamos namorando. Dias depois, eu estava quase em coma....(sério).
*Situação marcante: Essa relação foi muito especial. Foi a minha segunda PAIXÃO, mas, na realidade, a primeira "real" (isto é, não platônica). Amei demais esse rapaz...(sim, foi amor da minha parte, não só paixão). Terminamos e sofri desumanamente. A situação marcante é...as "ruguinhas adoráveis" que ele tinha na testa...Pensei que fosse o homem da minha vida (HDLPM....BRINKS).
...
Ainda aos 20...
*Quem? Meu afilhadinho Milton César Braga.
*Como? Quando nasceu, já o amava, sem explicações.
*Situação marcante: Ele me lembra muito outro rapaz que, não foi uma paixão, mas o meu primeiro amigo-irmão-primo. Lembra-sem-lembrar. Todos os dias em que o vejo são marcantes; amo-o como se fosse meu filho.
...
Aos 24...
*Quem? O leitor mais assíduo desse Blog, até o mês passado.
*Como? Coisa de gente a quem falta parafuso. Ficamos uma vez...meses depois, outra vez....meses depois, outra vez...Sentia-me atraída. Enfim, a pessoa mais enrrolada que conheço, aos poucos, fomos nos conhecendo e eu percebi que tínhamos alguma coisa "a mais"(que eu nunca soube explicar bem). Essa "coisa" foi crescendo, aos pouquinhos, de café a café...daí ...acabei me apaixonando. Foi minha terceira PAIXÃO. Com o tempo, vários problemas aconteceram, vários encontros, desencontros...virou uma PAIXÃO CARNAVALIZADA, nunca vou entender. Tempos depois, vi que já era amor (depois de me dar conta de que com ou sem paixão, era a pessoa que no momento eu queria como "homem da minha vida"). É um sentimento sobre o qual ainda não posso "avaliar", porque de certa forma ainda está, está em transição para o "nada"...Mas foi amor, no fim das contas (a paixão era secundária diante dessa tal "coisa" inexplicável; ainda é, talvez).
*Situação engraçada: Quando me contou a história da sua tatuagem. Fui fisgada naquele momento...hoje penso "HDLPM, deve fazer isso com todas!"...(e faz...that´s the point...).
...

*Aos 26... Não conto pra não pegar mau-olhado: esse vinga!
...

POR FIM: O que todos aqueles homens têm em comum???? Todos me perderam (menos o Milton). Com exceção dos que estão em outro plano, boa parte destes homens vai se casar com meninas fofas, super legais e serão felizes. Alguns já casaram. Já há outra parte que também será feliz, mas antes disso...(suspense!). ERRATA: Não sintam-se ofendidos, parte B, caso venham a ler esse texto de m*...eu também faço parte do grupo de vocês...

....
- se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi...
(Roberto Carlos)

4 comentários:

  1. Curioso...todos os namorados/rolos/ficantes com quem eu terminei hoje estão super felizes, casados (ou quase) e somos amigos.

    Todos os que terminaram comigo não pararam em relacionamento fixo algum.

    O que isso significa? dã!

    ResponderExcluir
  2. Que eu dou sorte? azar? sou uma ex neurótica destruidora de relacionamentos? ou, ainda, que os tais homens a terminarem comigo já apresentavam, apresentam, desvio de caráter?

    ResponderExcluir
  3. Aí, quando encontro alguém que "também seja pra casar", termino antes, porque também tenho um desviozinho?

    ResponderExcluir